Minha vovó é massa!

EM: 9 de julho de 2017

A menina de 5 anos chacoalhando na balança gritava: “Vem me balançar vó!”. E ela ia. Devagar, com cuidado com a areia solta e sem reclamar. “Calma Juliana, já tô chegando!”.

Cada vez mais avós estão criando seus netos. Os pais, ausentes o dia todo em seus empregos, só chegam à noite quando a menina já está limpa, cheirosa, alimentada e cansada. A interação de maior intensidade e qualidade se dá com a vovó. E, para a Juliana, uma menina de 5 anos, é seu maior presente.

Tenho algumas orientações que podem ajudar:

1 – Se a vovó passa horas com seus netos todos os dias, então deve colocar regras e fazer com que as crianças as sigam. Aquela história de “vovó só estraga” não se aplica nesses casos. Quando a netinha ou netinho só a encontram no fim de semana, então ela não tem nenhuma responsabilidade nem a incumbência de estabelecer os limites ou de fazer as crianças aprenderem as regras básicas de educação, pois esse é papel dos pais. E nesse caso a vovó pode sim “estragar”, desde que o paparico não seja exagerado, claro.

2 – Se vocês pais precisam da ajuda dos avós durante a semana, então não explorem essa mão de obra barata no sábado ou domingo. Os avós precisam de descanso e já fazem um grande favor de cuidar dos pimpolhos nos outros dias.

3 – Respeitem os avós. Sim, essa deve ser uma ordem clara e explícita para a criançada. Nada de desobedecer, gritar ou dar trabalho extra. Os avós são muito preciosos para os netinhos e a interação com eles é muito saudável para as crianças quando os limites são previamente traçados pelos pais.

4 – Muitos pais reclamam que os avós não levam a sério princípios de alimentação saudável ou tempo de uso de videogame ou outros aparelhos tecnológicos. A criançada “aproveita” da falta de autoridade dos avós. Nesse caso é fundamental conversar com os avós estabelecendo regras que devem ser levadas a sério. Tanto as crianças devem saber quais são os limites quanto os avós precisam saber o que podem e o que devem fazer no caso de desobediência. Obviamente isso deve acontecer nos casos em que as crianças permanecem sob os cuidados dos avós mais de uma vez por semana.

Por fim, mostre na prática o respeito e carinho que você tem pelos seus pais. Para uma criança é fundamental que ela veja os avós serem bem tratados por você. No futuro, elas também irão lhe respeitar, pois aprenderam desde crianças.

Tags

Categorias


Viverno digital

Loading...